Jul 30, 2006

Massagem Ayurvédica

A sabedoria ayurvédíca desenvolveu-se através das mentes meditativas dos rishis, os videntes hindus , quando perceberam que a consciência era energia emanada a partir dos cinco elementos básicos: Éter, Ar, Fogo, Água e Terra. Sua origem vem dos Vedas, os mais antigos manuscritos disponíveis no mundo hoje. A medicina Ayurvédica é parte da ciência védica e utiliza na sua abordagem terapêutica plantas medicinais, dieta, exercícios físicos, meditação, yoga, astrologia hindu, massoterapia, aromaterapia, gemoterapia (tratamento com metais e gemas), cirurgia e psicologia.

Benefícios da massagem ayurvédica:

Aumenta a força dos tecidos
Melhora a circulação de sangue
Rejuvenesce o corpo inteiro
Diminui a celulite
Embeleza a pele
Retarda o envelhecimento
Induz o sono restaurador
Promove a vitalidade
Equilibra os doshas
Reduz a tensão
Remove as toxinas do organismo

Jul 25, 2006

INÍCIO DA LUA NOVA em Leão



Lua Nova em Leão

Chuva abençoada
Muitos dias sem chover
Hoje a lua nova chega
acompanhada de uma chuvinha mansa
em Florianópolis-SC

Até 29 de julho.


"Este será o tempo em que ficará ainda mais evidente o destino essencial de nossa humanidade, que é o de relacionar-se e construir laços solidários. Esse destaque, porém, se dará pela falta que farão os bons relacionamentos", Quiroga

Jul 24, 2006

SEGUNDA - FEIRA DE LUA VAZIA



Data estelar: Vênus e Júpiter em trígono, Lua será vazia das 6h07 às 21h24, horário de Brasília, quando ficará nova em Leão.

Enquanto isso, aqui na nave Terra nossa humanidade de boa vontade,
que se caracteriza pela impossibilidade de desistir,
incapaz de render-se ao apelo da maldade, tem hoje a oportunidade de recuperar um mínimo de alegria e bem-estar através da prática da sagrada arte da despreocupação.
A subversão definitiva desse mundo malvado e pernicioso com que nossa humanidade de boa vontade tem de se acotovelar não ocorrerá por causa de bombas, estrondos, passeatas e violências diversas, mas pela recuperação da leveza, alegria e despreocupação.
Nada melhor para isso do que uma segunda-feira inteira de Lua vazia. Atreva-se à subversão, e conte com que sua alma será considerada disparatada, mas no fundo, você saberá, com certeza, esse disparate nada mais é do que profunda sabedoria.

Para enteder melhor o que é,
e o que fazer na LUA VAZIA leia o "Almanaque da Lua vazia" no site do Quiroga www.quiroga.net

Jul 23, 2006

PREFERÊNCIA POR GATOS



"Atualmente o gato é um animal tão querido quanto o cachorro,
ocupando lugar de destaque entre os principais animais de companhia.
O gato possui um profundo mistério que impede que seja definido ou classificado, embora o homem padronize raça e cor,
mas é um ser enigmático que destrói qualquer
preconceito e teoria. Isso porque cada gato é único, mesmo quando da mesma raça.
A preferência por eles vem aumentando, também, devido a facilidade de sua
manutenção"

www.saudeanimal.com.br

Jul 21, 2006

BALEIAS NO LITORAL CATARINENSE

Hoje foram vistas várias baleias no litoral catarinense,
mãe e filhotes e um outro tipo branca mais raro.

O retorno das baleias ao nosso litoral levou tempo.

Em 1972, um ano antes da proibição da caça, estima-se que 300 baleias chegaram a ser caçadas e transformadas em óleo.
Só em 1982, uma década depois,
começaram de novo a ser vistas no litoral catarinense.

Atualmente a Região Sul quer alterar Instrução Normativa número 102, do Instituto Brasileiro do Meio Ambiente (Ibama) que determina "o fechamento de áreas para o turismo embarcado no período de visitação das baleias ao Litoral catarinense".
São seis os refúgios nos quais as atividades devem ser suspensas. Três em Imbituba e três, em Garopaba.

As baleias são vistas entre os meses de julho e novembro,
época em que migram para as águas mais quentes onde procriam e amamentam os filhotes.

VIVA AS BALEIAS!!!!

IMAGENS _ Gente Miúda


Enquanto houver uma única criança
sofrendo nesse mundo,
nós seres humanos teremos vergonha de dizer que
"somos humanos"



Photographer Chris Hondros



Photographer Chris Hondros


OLHOS NOS OLHOS








ANJO





MENINOS




GRITOS INOCENTES


No comments: Links para esta postagem

Jul 19, 2006

ANIMAL DE PODER 5


Caro (a) amigo(a) leitor(a)...
estou curiosa ......Afinal como andam as investigações sobre o seu animal de poder?
Quais foram as observações e descobertas?
Aguardo respostas no comentário ou por e-mail izabellaoc@ig.com.br
Beijos

Jul 16, 2006

GRITO HUMANO um manifesto de nossa espécie

Caro amigo leitor desse modesto Blog INSIDE....
este manifesto foi produzido no Fórum do site de Astrologia
(www.quiroga.net), entre os dias 9 e 21 de agosto de 2005 (no calendário da Era cristã), por TODOS os que nele participaram (eu participei rsrsrsr!!!! )abriram seus corações, discutiram,
e também se acaloraram às vezes pelas discordâncias,
até que em determinado momento se atualizou a consciência de que este manifesto parecia muito mais um GRITO HUMANO.
NOSSO GRITO HUMANO!!!

Este texto foi feito em nome da espécie humana,

e pertence à espécie humana,
nenhum indivíduo é dono de algo que se pareça com “direitos autorais”, e por isso pode ser veiculado onde bem se entender,
modificado da forma que se quiser, apenas partimos aqui da esperança que este siga seu curso benéfico e se estenda de acordo com esse princípio.

SE VOCÊ QUER PARTICIPAR DESSE GRITO,
deixe um comentário aqui no INSIDE, ou envie mensagem para izabellaoc@ig.com.br


Nós, humanos, somos seres subjetivos, capazes de falar, e pensamos de acordo com a linguagem com que nos expressamos.

Somos, por isso, seres complexos, um pouco concretos, bastante abstratos, não entendemos a vida, mas mesmo assim a usamos. Não sabemos o que seja consciência, mas mesmo assim a usamos, muitas coisas usamos sem saber absolutamente nada do que se trate.


Nós somos seres criativos, transformamos idéias em fatos.


Nós, humanos, buscamos a religação com o COSMOS,
porque pressentimos que essa dimensão responde a um plano, e fazemos isso consciente ou inconscientemente, em doses variáveis.

Nós, humanos, apreciamos nos sentir feitos à imagem e semelhança dos deuses,
e ainda que não se tenha prova alguma a esse respeito, mesmo assim insistimos em sustentar essa idéia.

Nós, humanos, somos curiosos, nos motiva conhecer o desconhecido.

Nós, humanos, somos seres sensuais e sensíveis, apreciamos sentir e ser sentidos.


Nós, humanos, somos capazes de imaginar, às vezes esse poder nos deixa à deriva, mas há casos em que a imaginação resulta em obras magníficas.


Nós, humanos, somos dependentes na infância, e na vida adulta não somos tão independentes quanto gostaríamos de admitir.



Nós humanos somos seres que buscamos a felicidade, mesmo sem saber o que seja isso, e aproveitamos a caminhada da busca para encontrar e amar outros buscadores que fazem do caminho um prazer imensurável.


Nós humanos, para evoluir, dependemos de doses variáveis de equilíbrio e conflito em nossas relações pessoais, e também em nossas relações com o meio-ambiente.


Nós, humanos, somos frágeis, mas também fortes, somos complexos e imprevisíveis.


Nós, humanos, somos cheios de contrastes e não queremos ser catalogados, julgados ou tratados como máquinas, números ou pedaços de papel.


Nós,humanos,somos excelentes negociantes, o que leva a crer, e confirmar, que, no cosmos, exercemos um espécie de função intermediadora, mas ainda não sabemos entre o que e que.


Nós, humanos, somos únicos e originais, e pretendemos que essa singularidade seja tratada com respeito, mas percebemos também o momento em que essa singularidade é tratada com exagero, desrespeitando-se o que nos torna semelhantes, por sermos também, e principalmente, participantes de um grupo maior, a nossa espécie humana.


Nós, humanos, somos propensos à generalização, e ainda que a cultura individualista resista a essa prática, a ache abominável até, ela acontece à revelia de costumes politica e socialmente corretos, pois quando um indivíduo faz algo, certo ou errado, todo seu grupo passa a ser julgado por esse ato. Disso se deduz uma lei, oculta, mas que se realiza constantemente: as atitudes individuais criam efeitos para todo o grupo, seja esse familiar, social, partidário. Em última instância, a espécie humana como um todo será julgada pelo que seus indivíduos fazem.


Por causa dessa propensão à generalização é que, nós humanos, achamos justo e necessário idealizar, e buscar sempre a excelência, pois mesmo que não a consigamos, no caminho percebemos que pela busca do que for ideal construímos um caminho excelente, onde pela própria excelência, se torna irrelevante chegar ao objetivo do ideal.


Nós, humanos, somos seres que buscamos o direito de ser simples.


Nós, humanos, nos sentimos presos, limitados, e a esse respeito nos diferencia apenas que alguns nos sabemos e reconhecemos presos e limitados, enquanto outros, são presos e limitados, mas não o sabem, ou não o querem saber.


Nós, humanos, temos muitos direitos e desejos, e por isso seria melhor que não esquecêssemos nossas responsabilidades, pois cada direito e cada desejo se transfigura numa influência que nossa presença executa entre o céu e a terra.


Nós, humanos, pretendemos ser justos, mas nos tenta a possibilidade de sermos juízes e executores imediatos de sentenças, dispensando as argumentações. Somos constantemente tentados a ser vigilantes e punidores.


Nós, humanos, sofremos de desilusão, pois nossa mente ainda não domina com perfeição a arte da discriminação, ela ainda não sabe separar ilusão de esperança.


Nós, humanos, somos seres morais, e essa virtude prova sermos algo mais do que carne e fluídos, pois se desconhece a raiz biológica da moralidade.


Nós, humanos, nos auto-intitulamos seres racionais, mas sempre que podemos nos apaixonamos por discussões políticas ou futebol, ou quaisquer outros esportes.


Nós, seres humanos, precisamos de solidão, mas também de companhia.


Nós, seres humanos, apreciamos discordar, mesmo que, às vezes, estejamos dizendo exatamente o mesmo. Parece que cultivamos uma certa paixão pela discordância, pois através dela experimentamos nos sentir únicos e originais, os donos momentâneos da verdade. Resistimos a concordar, resistimos a enxergar erros em nós mesmos, mas pisamos no acelerador quando o assunto é apontar erros em nossos semelhantes. Esquecemos que os semelhantes são isso mesmo, semelhantes, e que cada um de nós, individualmente, é menos original do que pensa.


Nós, humanos, temos o direito de cultivar a pureza e os valores éticos universais sem ser taxados de otários nem diminuídos ou prejudicados por não participar de um conceito equivocado de esperteza.


Nós, humanos,entendemos que buscar a sobrevivência e garantias de futuro, não justificam dar socos na cara de ninguém, roubar a vez, sabotar, mentir, ludibriar, corromper ou se deixar corromper.


Nós, humanos que existimos numa cultura capitalista, temos direito à recíproca, e por isso embalamos na imaginação de que seria justo as empresas que lucram com nosso consumo nos devolverem as riquezas que lhes provemos através de serviços e bens que melhorem as condições sociais. Nós, humanos, exigimos responsabilidade social mundial a partir de uma drástica trégua, com redução na velocidade dos investimentos em progresso tecnológico, entre eles programas espaciais, indústria automobilística, armamentista, sistema financeiro, mídia e bens de consumo supérfluos em geral, sem prejuízo de salários, benefícios e postos de trabalho já existentes; com direcionamento sistemático de recursos do sistema financeiro mundial para combate e eliminação definitiva da fome, das guerras e da destruição ambiental do planeta.


Nós, humanos, temos direito a regras claras e equânimes e a valorização urgente das noções de auto-estima,respeito e responsabilidade.


Nós, humanos, acreditamos em nossas intuições, talentos e possibilidades e precisamos, com urgência, criar opções para dispor livremente de nosso tempo.


Nós, humanos, dispomos de liberdade e precisamos de espaço para buscar meios que despertem a consciência.


Nós, humanos, desejamos e precisamos evoluir espiritualmente, ainda que não saibamos exatamente o que seria esse tal de espírito.


Nós, humanos, repudiamos e consideramos injustificáveis a fome, a guerra e a destruição ambiental do planeta. Exigimos que este pensamento, que parece óbvio, só seja considerado assim quando estes horrores forem apenas memória de um passado superado.


Nós, humanos, pretendemos evoluir para um estágio onde prazer e lazer, sempre vinculados ao bem, sejam plenos e responsáveis, ocupando muito mais tempo do que hoje em dia (AD 2005)


Mesmo correndo o risco de sermos repetitivos, é bom confirmar, nós, humanos, somos contraditórios, e não é à toa que isso acontece, somos contraditórios porque é do paradoxo que alimentamos a consciência, aquela lucidez misteriosa que tanto usamos, da qual tanto nos gabamos, mas que não sabemos definir o que ela seja.


Nós, humanos, vivemos a maior parte da vida sonhando acordados, e nos diferencia apenas o fato de que alguns acordam e realizam seus sonhos, e ajudam os que ainda não acordaram a desvencilhar-se das ilusões e, também acordar, para realizar, pois para realizar sonhos é imprescindível acordar.


Nós, humanos, formamos grupos, agrupações que se diferenciam entre si, e a despeito de quaisquer dificuldades e impedimentos, sempre poderemos decidir em que grupo nos encaixamos melhor.


Nós, humanos, andamos competindo demais entre nós, olhamos com desconfiança nossos semelhantes, mas anda surgindo uma onda, uma qualquer coisa que nos impele a formar teias, grupos, uniões, aos poucos, e a médio e longo prazo, substituindo a competição pela colaboração.

Jul 15, 2006

DESENHO DE DEUS

Música e Composição: Armandinho

Quando Deus te desenhou Ele tava namorando

Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor

Quando Deus te desenhou Ele tava namorando

Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor

Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração
e a sua humildade fez chamar minha atenção

tirou a sua voz do própolis do mel
e o teu sorriso lindo de algum lugar do céu
e o resto deve ser beleza exterior
mas o que têm por dentro para mim tem mais valor

Quando Deus te desenhou Ele tava namorando(2x)

Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor

Papai do céu na hora de fazer você
Ele deve ter caprichado pra valer
Botou muita pureza no seu coração
e a sua humildade fez chamar minha atenção

Da estrela mais bonita o brilho desse olhar
Diamante verdadeiro sua palavra foi buscar
e o resto deve ser beleza exterior
mas o que têm por dentro para mim tem mais valor

Quando Deus te desenhou Ele tava namorando(2x)

Na beira do mar
Na beira do mar do amor
Na beira do mar
Na beira do mar do amor

TARÔ - Mudança


A vida segue repetindo-se despreocupadamente -- e a menos que você se torne muito consciente, ela continuará se repetindo, como uma roda.
Por isso é que os budistas chamam a isso de roda da vida e da morte -- roda do tempo.
Tudo se movimenta como uma roda: ao nascimento se segue a morte, à morte o nascimento; ao amor se segue o ódio, ao ódio o amor; ao sucesso se segue o fracasso, ao fracasso o sucesso. Basta olhar à volta...

Se lhe for possível observar apenas por alguns dias, você perceberá um padrão se definindo: o esquema da roda. Em um dia, numa bela manhã, você se sente tão bem, tão feliz e, no outro dia, está chateado,
tão infeliz, que começa a pensar em cometer suicídio. Há apenas alguns dias você se sentiu tão cheio de vida, tão abençoado, que agradecia a Deus, pois você estava num estado de espírito de profunda gratidão, e hoje há um grande sentimento de inconformismo, e você não vê razão que justifique continuar vivendo...
E essa alternância vai se repetindo, mas a gente não chega a perceber o padrão.
Uma vez que você perceba o padrão, você pode libertar-se dele.

Osho Take it Easy, Volume 1 Chapter 7
Comentário:
O símbolo desta carta é uma roda enorme que representa o tempo, o destino, o karma. Galáxias orbitam em torno desse círculo que está em constante movimento, e os doze signos do zodíaco aparecem à sua volta.
Na parte de dentro da circunferência estão os oito trigramas do I Ching, e mais próximo ao centro aparecem as quatro direções, cada qual iluminada pela energia do relâmpago. O triângulo giratório neste momento está apontando para cima, em direção ao divino, e o símbolo chinês do yin e yang, macho e fêmea, o criativo e o receptivo, fica no centro.

Com freqüência tem sido dito que a única coisa que não muda no mundo, é a própria mudança. A vida está mudando continuamente, evoluindo, morrendo e renascendo. Todos os opostos têm um papel nesse vasto esquema circular. Se você se agarrar à borda da roda, poderá ficar tonto! Avance em direção ao centro do ciclone e relaxe, sabendo que esse estado também passará.Texto tirado do site www.osho.com

Jul 14, 2006

ANIMAL DE PODER 5



Animal,poder,espírito,visões?

De que se trata esse Animal de Poder e como posso contacta-lo?

Cada vez fica mais claro tratar-se de um "espírito do bem",
um companheiro de caminhada... vamos dizer assim.
Mas como encontrá-lo?

Não existe receita pronta.Siga as instruções, ou sei lá,
leia o manual que você encontrará seu Animal de Poder...Isso não existe?

Trata-se aqui de um papo muito mais transcendental, entende?
Mais espiritual mesmo.

Os xamãs "trabalham" com "imagens", sejam elas do mundo da mente, da matéria, dos espíritos. O que interessa é que esses animais servem como suporte e ferramentas de cura, de auto-conhecimento na caminhada INSIDE.

Então caro amigo leitor desse modesto Blog....

Você à partir de agora vai , sentir, escutar à sua volta....pois o seu espírito protetor, seu Animal de Poder, com certeza está bem perto de você , basta ver com seus própios olhos
O Animal que escolhe a gente, e não o contrário, ele é seu parceiro talvez desde a infância e você não se lembra mais...

Nos próximos dias procure fazer isso, olhar à sua volta.
Olhar os animais à sua volta, tocá-los, sentí-los, usar os sentidos, ver imagens de animais na Tv , nas revistas, nos livros.. Seja criativo.

Preste atenção nos seu sonhos

Mas lembre-se essa é apenas uma dica, pois os Seu Animal de Poder está aí, sempre esteve, bem perto de você, basta você ver.
Voltamos a conversar...
beijos e

Boa Viagem!

OSHO




"To me,
seriusness is a sickness;
and a sense of humor makes you more human, more humble. A sense of humor - according to me - is one of the most essential parts of religiousness", Osho

Jul 11, 2006

ANIMAL DE PODER 4


"De acordo com varias tradições xamânicas, cada pessoa tem pelo menos um Animal de Poder. Esse espírito é individual, de cada um, e está ligado ao íntimo de seu próprio espírito. São chamados de animais de poder porque o poder ou força de vida primal chegam a nós através deles.

Em algumas tradições são chamados de "Alma Animal" porque seria uma das almas necessárias pra se formar um indivíduo.

Esses espíritos tedem a tomar forma ou moldar sua força de vida de acordo com sua natureza. É comum assumirmos certas posturas,
ou mesmos que nossos traços fisicos passem a se mostrar cada vez mais próximos aos do animal que tomamos contato.
Por conta disso, existe a tentação de tentarmos escolher um determinado animal de poder, por ele ter características que gostaríamos que os
outros vissem em nós. Mas isso é uma tentativa totalmente sem fundamento, pois nós não escolhemos um Animal de Poder, eles que se apresentam a nós por vontade própria.

Como espiritos, eles escolhem nossa companhia por encontrarem alguma coisa em nosso íntimo que reflete sua natureza.
Eles nos trazem a percepção de nossos dons que talvez por medo ou negligência, não damos atenção ou utilizamos de forma errada.

Eles ficam conosco por toda a vida, outros espíritos podem vir e ir, porém nosso Animal de Poder não nos deixa, a não ser em casos extremos, como traumas ou profundas mudanças na vida.
Nesses casos, o espírito deve ser recuperado ou um novo espírito pode ser invocado.

Segundo a tradição, nosso Animal de Poder pode se mostrar em sonho, visões, meditações, ou por meio de um xamâ experiente."texto tirado do site - www.terramistica.com.br

Jul 9, 2006

ANIMAL DE PODER 3


Os animais são vistos como arquétipos, símbolos de energias que existem e que podemos encontrar e manifestar dentro de nós

Os índios sabem muito bem como se utilizar desses arquétipos para a cura e auto-conhecimento.

"Se você falar com os animais, eles irão falar com você.
E assim, vocês conhecerão um ao outro.
Se você não falar com eles, não os conhecerá...
...E aquilo que você não conhece, você teme.
... E aquilo que se teme, se destrói.”

Chefe INDÍGENA Dan George

Cada pessoa tem seu “animal de poder” ou “totem”, que corresponde às características que aquela pessoa necessita desenvolver, aprender e manifestar em si em determinado momento de sua vida.
Segundo as tradições xamânicas o animal de poder é que escolhe a pessoa e não o contrário.Muitas vezes a pessoa deseja que seu animal de poder seja o mais bonito ou mais forte em sua opinião.
É importante lembrar que nenhum animal é melhor ou pior que outro.

ANIMAIS DE PODER NA CULTURA BRASILEIRA


Sacralização dos animais vem de época muito remota, onde a relação ser humano e animal se dava pela convivência próxima e a necessidade de sobrevivência.
Essa proximidade instigou no ser humano a observação dos animais e a descoberta de similaridades no comportamento instintivo de ambos, estando, então, não somente ligados pelo fator sobrevivência, mas também a poderes mágicos e divinos.Assim, ser humano e animal, ocupando o mesmo espaço, estabeleceram vários tipos de relações, como a de caça e caçador, domesticação, guardiões e representantes das forças divinas e naturais.

Na mitologia nativa, bem como na arte, encontramos o desenrolar místico da relação ser humano-animal. As tradições ameríndias estão impregnadas de uma essência mítica trazendo até nós feitos de guerreiros, caçadores, tribos, curandeiros e suas relações com seres encantados, deuses, espíritos ancestrais e animais de poder.

Através das lendas podemos garimpar esses significados, trazendo à tona as jornadas criativas dos habitantes nativos do norte ao sul do Brasil.

Essas jornadas trazem em seu cerne elementos que podem auxiliar-nos hoje na busca da compreensão do ser humano na sua totalidade, no nosso autoconhecimento, através da sua relação com os animais de poder e sua visão mágica de mundo.

Associando aos animais de poder certas manifestações divinas, encontramos na tradição oral Guarani, o Grande Espírito, Ñamandu, manifestando-se na forma de um colibri, capaz de ver a totalidade a partir do sutil mundo do espírito. A coruja também foi outra forma de sua manifestação. Como Coruja, o Pai-Mãe Criador na Noite Cósmica criou a Sabedoria.

Ainda, dentro do mito da criação Guarani, há uma nítida relação entre a serpente, eixo que rege a vida, e a coluna vertebral humana, sustento do corpo material e espiritual, a que os hindus chamam kundalini.

Os antepassados da tribo dos Panará, chamados de "os de antes" (suankyara), são uma combinação de ser humano e animal. São eles os responsáveis por darem nomes às coisas e aos homens.

Para os Yanomami da Amazônia e Venezuela, todo homem tem como seu duplo anímico um animal de poder, chamado de "duplo animal". Os animais também podem ser espíritos de ancestrais, que vivem nas florestas e que assumiram essa forma por terem comportamentos descontrolados ou fora de alguma regra social.

O folclore brasileiro ainda traz inúmeras descrições de animais com poderes peculiares, humanos com poder de assumir formas animais, amuletos, danças que imitam seus movimentos e sons. Temos o boto, o uirapuru, a sereia, o muiraquitã, a cobra grande, o boitatá, enfim, um grande universo místico e mágico a ser explorado além das fronteiras históricas e antropológicas.

Conectar com um animal de poder através de sua sabedoria de sobrevivência, comportamento e maestria é conectar com nossa própria essência e com as qualidades instintivas que tem o ser humano como parte da Natureza. Compreender a essência dessas criaturas é ativar nossa própria cura e conectarmos com o espiritual através de suas manifestações. A associação do ser humano com o poder totêmico de um animal o faz conhecer seu lado inconsciente.

Para complementar essa breve abordagem, dispusemos aqui alguns animais de poder e suas características segundo algumas culturas nativas brasileiras:

UIRAPURU - Pássaro raro, não se permite ver facilmente. Quando se mostra, sempre está disfarçado para que não o notem. Seu canto é inédito, mas é considerado de beleza rara e única. Traz paz e ao cantar todas as outras criaturas da floresta calam-se para ouvi-lo.

COLIBRI - Em geral, os seres alados são mensageiros entre os homens e os deuses por sua capacidade de voar em direção aos céus. O colibri é mensageiro do Grande Espírito, Pai-Mãe Criador. É sinal de proteção, expressão do sagrado e indício de caminho correto. Ágil, o colibri se manifesta trazendo sempre alguma orientação espiritual importante.

SERPENTE - A serpente é aquela que ergue a vida e cria a realidade, é o poder criativo, transmutador e nos faz conhecer valores profundos do ser. Para os Guarani, é o eixo por onde se ergue o ser humano, a coluna vertebral. Na sua base está o poder gerador de vida da Grande Mãe.

CORUJA - É a sabedoria. Tem a capacidade de ver o oculto e inconsciente. Conhecedora dos mistérios, ela permite-nos vencer o temor e aprender a qualidade da consciência do existir em todos os níveis e do fluir. Por ver na escuridão, sua qualidade também está no ultrapassar as limitações do perceptível, mostrando-nos a totalidade e as várias realidades, da qual o mundo material é apenas uma parte.

RÃ - É símbolo da fertilidade, abundância, união, tanto que foi representada por tribos do norte do Brasil em amuletos chamados "muiraquitãs".

ESCORPIÃO - Animal de poder muito importante encontrado na cerâmica de civilizações amazônicas, representa a proteção e a preservação da natureza humana ou animal. Está associado à capacidade de atacar quando ameaçado, sendo capaz de qualquer coisa para manter a sua integridade.

JABUTI - É um animal de grande longevidade. Suas qualidades estão associadas à esperteza, inteligência, paciência, tranqüilidade, atenção, fé, força e coragem.

PAPAGAIO - Assim como a arara, o papagaio é multicolor, transmite alegria e a força do arco-íris. Desperta a retórica, o saber falar e o quê falar. Pelo seu poder de comunicação, aproxima-se facilmente do homem. Pode ser considerado uma ponte entre o mundo dos pássaros e dos humanos.

ONÇA - A onça é deliberadamente solitária. É astuciosa, observa os movimentos da presa antes de atacá-la. Como qualidades desse animal, desperta o aprender a conviver consigo mesmo e a não depender dos outros para atingirmos objetivos. Ensina a conquista do nosso espaço, a cautela, o saber agir, a habilidade e a agilidade.


Tatiana Menkaiká

Jul 8, 2006

LUA QUASE CHEIA


Data a estelar (9 de julho de 2006): Vênus e Netuno em trígono, Lua quase cheia será vazia das 7h31 às 16h25, horário de Brasília.

TARÔ - Abundância



"No Oriente, as pessoas condenaram o corpo, condenaram a matéria, chamaram-na de "ilusória", de maya: coisa que de fato não existe, apenas parece existir;
coisa feita da mesma substância dos sonhos. As pessoas renegaram o mundo, e esta é a razão pela qual o Oriente permaneceu pobre, doente, faminto.

Metade da humanidade tem vivido aceitando o mundo interior,
mas negando o mundo exterior. A outra metade tem aceitado o mundo material, e negado o mundo interior. Ambas são metades,
e homem nenhum que seja uma metade pode estar satisfeito.

É necessário ser inteiro: rico no corpo, rico em ciência; rico em meditação, rico em consciência.

No meu modo de ver, apenas a pessoa inteira é uma pessoa sagrada.
Eu quero que se misturem Zorba e Buda.
Zorba sozinho é vazio. Sua dança não tem significação eterna, é prazer momentâneo. Logo ele se cansará dela. A menos que você disponha de fontes inesgotáveis que lhe venham do próprio cosmos... a menos que você se torne existencial, não poderá tornar-se inteiro.
Esta é a minha contribuição para a humanidade: a pessoa inteira."

Osho Communism and Zen Fire, Zen Wind Chapter 2

Jul 7, 2006

ANIMAL DE PODER 2

O simbolismo animal está profundamente
gravado em nosso inconsciente


"Uma das ferramentas mais poderosas para o crescimento pessoal do Xamã é o trabalho com os espíritos animais. Para os mais experientes neste caminho, os animais podem aparecer freqüentemente, principalmente quando se necessitam do auxílio deles. Mas encontrar um Animal de Poder às vezes pode ser uma tarefa difícil.
Assim que você estabelecer uma conexão forte com seu animal de poder, você poderá convocá-lo quando desejar para auxiliá-lo e aconselhá-lo. Geralmente essa comunicação se dá pela Jornada Xamânica ou uma voz interna.
Outro modo xamânico que você pode usar para conectar os seus animais de poder, é utilizar um enfoque (um objeto físico para representar o animal) que pode ser um quadro, uma imagem, uma reprodução em miniatura, uma parte do corpo (um dente, uma asa). Qualquer um desses objetos poderão ser-lhe útil em sua conexão com ele. Segure o objeto e procure sentir a energia fluindo pelas mãos e tomando conta de todo seu ser dando-lhee a paz e o respeito necessário para a conexão.
Para que você comece a trabalhar com seu animal de poder, tudo o que você precisa, é ter respeito por seu animal. Lembre-se que o animal veio fazer com você uma parceria que visa orientar você em seu crescimento pessoal e espiritual" (www.salves.com.br/xapoweranim.htm)

Então caro amigo leitor desse modesto Blog....

Mas qual seria esse animal? Como posso saber qual é meu animal de poder?Temos um único animal ou são vários?

Vou tentar responder às perguntas que mais me instigam nesse processo.
Quem quiser mergulhar INSIDE nessa jornada, deixe perguntas e comentários aqui no blog. Tá?

Encontrar o seu animal de poder resgata o poder humano dentro de cada um, resgata a força e a dignidade.

Beijinhos!!!

OSHO

"O que é necessário não é algo no qual você possa esquecer sua solidão;
o que é necessário é que você se torne cônscio de sua solitude - a qual é uma realidade.
E é tão belo experiencia-la, senti-la, porque é a sua liberdade da multidão, do outro.
É a sua liberdade do medo de estar só"
www.osho.com

Jul 3, 2006

OSHO


"Astrologia
é uma maneira muito científica de pensar".

Jul 1, 2006

ANIMAL DE PODER I


Xamanismo no Brasil (Kaká Werá Jecupé)
site Terra Mística

"A arte de ler os sinais através do movimento dos pássaros, dos ventos, dos rios e do fogo é para o povo indígena a maneira pela qual a Mãe Terra conversa com o ser humano.
Essa fala silenciosa faz parte do caminho do coração.

1. Cada desenho que um pássaro faz no céu em seu vôo é uma tarefa que realiza de comum acordo com a Mãe Terra. Nenhum vôo é gratuito; nenhum pouso é vão. Além dos pássaros que vemos há os Pássaros Raios e os Pássaros Trovões. Estes são Grandes Espíritos. O falcão, o gavião-real, a águia e a pomba, sendo pássaros superiores, todos os invernos vão à morada dos Pássaros Trovões, e quando chega a primavera dançam pelo céu a força e o poder do Trovão, inspirando a Criação.

2. Quando um desses pássaros surge à vista de uma pessoa, ela está sendo solicitada a agir com o poder do coração, morada do espírito em cada ser. Se aparecer em sonho, o próprio espírito está falando: eu sou sua força.
3. O beija-flor visita moradas de espíritos relâmpagos. Quando é visto, inspira boas idéias e diz que é hora de semeá-las. O beija-flor foi a primeira forma que Namandu, o Grande Mistério, assumiu para revelar-se.

4. A segunda forma que Namandu assumiu, para refletir sobre a criação dos Pássaros Trovões, foi a da coruja, que durante o Nada da Noite, empoleirou-se sobre si mesma e criou a sabedoria.

5. Quando as asas bateram, os ventos passaram a existir como mensageiros.
Quando sopram do sul: uma aventura inesperada, um rumo não previsto na caminhada.
Quando sopram do oeste: o que tem que morrer morrerá.
Quando sopram do norte: a clareza da jornada com proteção dos ancestrais.
Quando sopram do leste: a fortuna, o início.

6. Todo rio traz mensagem de prosperidade; toda cachoeira traz abundância, renovação permanente, desde que o espírito siga o rio, em seu exemplo, e sua mensagem de fonte irradiante.

7. O pássaro kuchiu é bem-aventurado. Seu canto, no entanto, é um lamento. Sabendo que a terra ia ser inundada, lamentou-se em um canto, e por compaixão o Nosso Pai não deixou o céu desabar.

8. Quando a Terra e as leis da Natureza Cósmica e Terrena foram criadas, os anciães da sabedoria fizeram uma roda e as narraram diante de uma fogueira, de modo que todo o fogo gravou na memória todas as leis e o calor da sabedoria dos anciães. Por isso, quando uma fogueira se ascender e um círculo de pessoas se unir em torno do fogo, as leis serão aprendidas novamente no coração humano."

Fonte: Jecupé, Kaká W. A Terra dos Mil Povos.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Atalho do Facebook