Mar 14, 2008

Farra do Boi : Depois de Dias, o Alívio da Morte



Infelizmente é nessa época que acontece aqui em Santa Catarina a barbárie chamada "Farra do Boi".
Um dos rituais mais selvagens envolvendo crueldade contra animais Todos os anos centenas de bois são torturados e mortos em mais de trinta comunidades de Santa Catarina.

Antes do evento o boi é confinado sem alimento disponível por vários dias. Para aumentar o desespero do animal, comida e água são colocados num local onde o boi possa ver, mas não possa alcançar. A Farra começa quando o boi é solto e perseguido pelos "farristas", que carregam pedaços de pau, facas,lanças de bambú, cordas, chicotes e pedras - homens, mulheres e crianças - e perseguem o boi que, no desespero de fugir, corre em direção ao mar e acaba se afogando.

Fontes da WSPA-Brazil (World Society for Protection of Animals ) afirmam ter visto o gado sendo torturado de diversas maneiras: animais banhados em gasolina e depois incendiados, pimenta jogada em seus olhos que, geralmente, são arrancados. Participantes quebram os cornos e patas do animal e cortam seus rabos.Os bois podem ser esfaqueados e espancados, mas há um certo "cuidado"para que o animal permaneça vivo até o final da "brincadeira". Essa tortura pode continuar por três dias ou mais. Finalmente o boi é morto e a carne é dividida entre os participantes.

Lei

Em 1997, após muito debate e pressão por parte das entidades de proteção e defesa dos animais, veio a proibição - 3/6/1997 (Recurso Extraordinário número 153.531-8/SC; RT 753/101). A Farra do Boi está proibida em território catarinense por força de acórdão do Supremo Tribunal Federal, na Ação Civil Pública de n.o 023.89.030082-0, Conforme decidiu o Supremo Tribunal Federal, a Farra do Boi é intrinsecamente cruel, é crime, punível com até um ano de prisão, para quem pratica, colabora, ou no caso das autoridades, omite-se de impedí-la.


Há diversos estudos publicados, em diversas línguas, mostrando que as pessoas que praticam atos de crueldade contra animais também os praticam contra humanos. Assassinos seriais, estupradores, molestadores de crianças e de idosos têm histórico de maltratar animais.

Amanhã será feita uma passeata contra a Farra do Boi em Itajaí, às 11h em frente a Igreja matriz. Percurso até o final da Hercílio Luz!!! Por favor ajude a divulgar!


UPDATE: Hoje (21.03) em Santa Catarina, a polícia montou barreiras para impedir a farra do boi. Mesmo assim, mais de 50 ocorrências já foram registradas nos últimos dias.
Um flagrante foi registrado nesta sexta-feira (21), na cidade de Governador Celso Ramos.

5 comments:

O Profeta said...

O Sol abandonou o céu
A Lua ironiza no celeste
Soltas perversas vontades
Cruzam a tua vida agreste


Convido-te a partilhar a minha visão da forma em
como a vida às vezes é perversa para algumas mulheres…

Bom domingo

Doce beijo

Wireless said...

Hello. This post is likeable, and your blog is very interesting, congratulations :-). I will add in my blogroll =). If possible gives a last there on my blog, it is about the Wireless, I hope you enjoy. The address is http://wireless-brasil.blogspot.com. A hug.

Milton Ribeiro said...

Uma barbárie, que brincadeira besta!

Beijo.

FlaM said...

Iza Isso é sensacionalismo da imprensa. Não corresponde à realidade dos fatos. Já observei farras como moradora e também em meu trabalho de campo como antropóloga. Tudo isso faz parte de um jogo de poder que está muito além da questão dos animais. não digo que jamais tenha havido violência. A crueldade com os animais tem que ser punida, mas uma lei contra essa tradição é também uma violência. Acho inclusive que a crítica e a militância "ecologista" é importante para essa consciência dos limites entre a tradição e a violência.
A Farra é um brincar que tem grande importância simbólica para aqueles que nela se envolvem e que se arriscam para manter essa tradição que um brasil urbano e um mundo global homogenizador não entende.
Há estudos antropológicos muito interessantes sobre isso.
Muito bonito o seu blog. Assuntos bem variados, interessantes, vou voltar!
Abç, Flávia

Iza said...

Flávia minha experiência com a "farra do boi" é real e não informações sensacionalistas, ver um animal desesperado procurando fugir de pessoas , muitas delas bêbadas é crueldade.A tradição já era, agora é barbárie.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Atalho do Facebook