May 17, 2008

José Henrique Borghi e os novos conceitos na publicidade

Borghi que nas horas vagas ainda participa do Ironman



Meu amigo da época de faculdade Puccamp, José Henrique Borghi esteve aqui em Florinópolis ,na última quarta-feira, publicitário renomado fez uma palestra falando sobre a necessidade de interatividade do "criativo" com o consumidor .

Leia a reportagem abaixo publicada no "Barriga Verde on line ":

"Em 10 segundos tudo pode mudar" a frase é de José Henrique Borghi, um dos publicitários mais premiados no mundo, que lotou, na quarta-feira, 14 o auditório do Majestic Palace Hotel, em Florianópolis.

Bonghi falou sobre o perfil do novo profissional de criação durante o 36º Encontro do Clube de Propaganda e Marketing de SC

"Se você acha que para ser um publicitário de sucesso basta apenas ter um diploma, criatividade e uma boa sacada, está na hora de rever seus conceitos a respeito da profissão", disse o publicitário

Para se manter no mercado de trabalho é preciso estar atento às novas possibilidades e preparado para atuar nos mais variados meios de comunicação. Mais importante ainda é que o profissional saiba se adaptar as atuais necessidades. O perfil desse novo profissional de criação foi o tema abordado, por José Henrique Borghi, um dos nomes mais consagrados e premiados da publicidade mundial, durante a 36º edição do Encontro do Clube de Propaganda e Marketing de Santa Catarina.

O evento reuniu cerca de 400 participantes entre anunciantes, profissionais da área e estudantes. Logo no início da palestra Borghi fez questão de ressaltar que o publicitário, em especial os envolvidos com o processo de criação, precisam encontrar maneiras diferentes e inusitadas de chegar até o consumidor.

Segundo ele, não basta apenas ter boas idéias, é essencial que todo o processo de criação seja baseado em dados reais, pesquisas que mostrem qual a tendência do mercado, do produto e da marca. Ele citou o caso da Nokia, que foi a primeira a utilizar um comercial com a tecla SAP. O que parecia ser apenas uma grande sacada de um publicitário, na verdade foi fruto de toda uma estratégia mercadológica.

"Hoje as coisas são rapidamente modificadas. Tudo tende a se tornar descartável, em 10 segundos tudo pode mudar", afirmou Borghi

"Os consumidores deixaram de ser passivos. Diariamente recebem uma enxurrada de informações e já sabem escolher exatamente o que lhes interessa", declara.

Borghi lembrou ainda que o novos profissionais precisam saber ir além dos comerciais de 30 segundos. "Certamente eles vão continuar existindo, mas, aos poucos, estão dando lugar a uma comunicação mais dinâmica. Na minha geração as crianças passavam horas na frente da televisão. Hoje, por exemplo, meus filhos passam 70% do dia na frente da internet, com acesso a um conteúdo bastante amplo.

Os novos publicitários também devem ter um leque bastante diversificado na hora da criação, as ferramentas já existem, basta saber o melhor modo de utilizá-las", diz. Durante toda a palestra o publicitário mostrou por que alcançou o tão sonhado sucesso.

De uma maneira descontraída e bastante animada ele conseguiu prender atenção do público, que teve a oportunidade de rever criações publicitárias que marcaram época. Borghi apresentou também algumas campanhas veiculadas em outros países, que aliam o tradicional comercial de televisão às novidades da internet.

É o que fez o site yeyeye.com. Os pequenos vt's contam histórias engraçadas e curiosas sem apresentar o fim. A imagem congela e aparece na tela o endereço do site para que o telespectador acesse e finalmente saiba como termina a história. "A estratégia deu certo e o site conseguiu alavancar o número de acessos graças a brilhante idéia de unir as duas tecnologias", comenta ao lembrar que o Brasil ainda não utiliza muito o método e que precisa investir mais em idéias mais ousadas.

O presidente do Clube de Propaganda e Marketing de Santa Catarina, Jailson de Sá, comemora o sucesso do encontro, e destaca a importância para os profissionais e estudantes da área da presença de um profissional de renome no mercado nacional e internacional. "Estamos trazendo a Santa Catarina referências das áreas de marketing e publicidade, que certamente podem afirmar, com excelência, qual deve ser a postura dos novos profissionais, em especial na área de criação. Ninguém melhor do que Borghi, que traz no currículo memoráveis peças como a campanha dos mamíferos da Parmalat e "É o amor" - produzida para a Sazón, para nos trazer essas novas informações ", comenta Sá. José Henrique Borghi - Bacharel em Publicidade e Propaganda pela PUCCamp, sua carreira teve início em 89, na Standard Ogilvy.

Trabalhou também na Talent, FCB, DM9/DDB e Leo Burnett, nesta última por quatro anos e passou pela vice-presidência e direção de Criação e, por fim, presidência da agência.Em dezembro de 2002 deixou a Leo Burnett e, junto com Erh Ray, criou a agência BorghiErh® Inteligência Criativa. No final de 2006, após fusão entre Borghierh e Lowe, assumiu a Presidência da agência, dividindo-a com o Erh Ray. Foi o responsável pela criação de campanhas de grande destaque na mídia para Honda, Itaú, a campanha mamíferos da Parmalat, "Rever Conceitos" da Fiat e "É o amor" para Sazón.

Durante toda sua carreira conquistou diversos prêmios: redator mais premiado pela revista Archive (1999), 13 Leões em Cannes, 10 prêmios no The One Show, 11 no New York Festival, sete Estatuetas no London Festival, 10 Clios Awards e 15 Prêmios Abril de Publicidade. Sobre o Clube O Clube de Propaganda e Marketing de Santa Catarina segue o modelo consagrado do Clube dos Executivos de Marketing, da ABA-Associação Brasileira de Anunciantes - São Paulo, que existe há mais de 10 anos. Sua missão é promover a integração entre o mercado, profissional e meio acadêmico através do intercâmbio de idéias, experiências e técnicas da utilização correta das ferramentas de marketing.

1 comment:

npiga said...

BOM DIA, É COM MUITO PRAZER, EM TER CONTATO COM VC JOSE HENRIQUE BORGHI, GOSTARIA MUITO QUE VC, RESPONDESE MEU EMAIL, SOU UM BORGHI COM MUITO ORGULHO, É GOSTARIA MUITO DE SABER SE VC, É NOSSO PARENTE, ME CHAMO SILVIO ANTONIO BORGHI, MORO EM JARDINÓPOLIS SÃO PAULO, INTERIOR,

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Atalho do Facebook