Mar 5, 2009

O Leitor



Fui assistir "O Leitor", do diretor britânico Stephen Daldry confesso que saí emocionada do cinema, sabe aquele aperto no peito?
O filme pode ser divido em duas partes, c
omeça em Berlim, 1995, quando Michael Berg (Ralph Fiennes) prepara um café da manhã para uma mulher, Brigitte (Jeanette Hahn) que passou a noite com ele e sai. Num flashback muito bem inserido, a narrativa regride ao ano de 1958, em Neustadt, quando Michael, de quinze anos, ao retornar da escola, sob a chuva, sente-se mal do estômago e vomita na entrada de um edifício, sendo prontamente atendido por uma mulher, Hanna (Kate Winslet), de atitudes rudes, grosseiras, que o leva até o cubículo, onde mora, tratando-o até que se restabeleça.
A junção dos dois tempos 1955 e 19558 é muito bem feita, transporta o espectador como que para dentro do inconsciente de Michel. A partir daí as cenas se revelam como um poema, lindas
imagens de um adolescente de 16 anos descobrindo a sensualidade e o amor com uma mulher mais velha.
A interpretação dos atores é delicada e profunda, deixe-se envolver e mergulhe nas lindas cenas.
em que
Hanna se interessa pelas leituras que Michael lhe faz de obras literárias famosas "A Odisséia ", de Homero, "O Amante de Lady Chatterley", de Lawrence ou "A Dama do Cachorrinho" .
O ator David Kross que faz o jovem Michael Berg tem uma interpretação que arrebata, não é à toa que recebeu inúmeros prêmios internacionais, como os mais recentes, os dos críticos de Las Vegas e de Chicago. Li que ao se apresentar para os testes, Kross tinha dezesseis anos, mas foi só depois de completar os dezoito que pôde rodar as cenas de nudismo e de relacionamento sexual com Kate.
Aos trinta e quatro anos de idade, Kate Winslet confirma ser uma atriz maravilhosa , mais madura e o merecido Oscar de melhor atriz.

Na segunda parte de "O Leitor" o genocídio de judeus durante a II Guerra Mundial toma conta do filme que foi produzido por Anthony Minghella e Sydney Pollack e que morreram durante as filmagens.
A questão sobre a responsabilidade de crimes de guerra assume um destaque importante no meio do filme
.
O tempo passa e o jovem, agora um homem, advogado, pai, não deixaria de ser O leitor. Sua voz, gravada em diversas fitas, atravessam o muro....

Não deixe de ver esse filme surpreendente, lindo, sensível e se transportar para dentro de Michael, Hanna e seus segredos.

2 comments:

Barros said...

Só fez aumentar meu interesse nesse filme. Não sei quando, mas com certeza irei assisti-lo.

Iza said...

Quando assistir volte aqui para comentar... Um abraço

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Atalho do Facebook