Jul 17, 2009

Há 50 anos morria Billie Holiday, uma das maiores vozes do jazz

No dia 17 de julho de 1959 morria em Nova York a cantora Billie Holiday, uma das principais vozes do jazz mundial. Sua voz triste e interpretações pungentes de grandes clássicos do blues e do jazz a transformaram num ícone e numa estrela de primeira grandeza. Mais do que simplesmente ter talento, ela parecia conseguir colocar toda a dor de sua difícil vida em cada música que cantava e isso a tornou especial.

Descoberta aos 18 anos de idade pelo caçador de talentos Joe Hammond, fez sua primeira gravação com a aclamada big band de Benny Goodman, associando-se, posteriormente, ao saxofonista Lester Young, que lhe deu o apelido de Lady Day.

Durante a carreira, cantou ainda com as big bands de Count Basie e Artie Shaw.

A partir de 1940, apesar do sucesso,começaram os problemas com as drogas. A cantora passou por momentos de depressão que refletiram em sua voz e, consequentemente, em sua música.

Com a saúde e a voz debilitadas, ela continuou ativa nos anos 50, mas já sem o mesmo brilho. Em 17 de julho de 1959, morreu em decorrência de problemas cardíacos e do fígado, em Nova York.
Singela homenagem a essa maravilhosa cantora com sua voz única e inesquecível interpretação.

2 comments:

Barros said...

Grande talento - cantava com grande paixão e beleza e ao mesmo tempo com tanta dor, representante típica do Blues.

Iza said...

oi Barros obrigada pelo comentário. Apareça.

LinkWithin

Blog Widget by LinkWithin

Atalho do Facebook